sábado, 12 de janeiro de 2008

Desfaça as suas amarras...


Feche os olhos e pense...
Você verá que é melhor
Viver o suspense,
Que te faz tão presente.
.
Em suas fantasias
Que você reprime,
Dentro do seu coração.
Isso é mais que um crime
Não vivenciar o prazer da emoção
Que é tão sublime.
.
Desfaça de suas amarras,
Abandona os seus dogmas
Despoje dos preconceitos,
E se agarra neste desejo
Prazeroso e tão perfeito,
Que às vezes vem como lampejos,
Pra te dizer que viver a vida é seu direito.
.
Se Deus nos fez assim
Assim será...
Quem negará...
Seu fogo morrerá de novo,
Longe do céu trocando o sabor,
Do mel pelo fel,
Sem saber o que é o amor.
.
Quebra essas muralhas,
Jogue fora esses dogmas,
Desata as suas amarras,
E se livra deste pesadelo
Atendendo os seus apelos
Vivendo a sua vida no seu tempo.
.
Fique atento aos seus instintos,
Seus desejos e anseios
E jamais tenha receio de ser feliz,
Ainda que seja por um breve momento.
.
O Poeta das Estrelas!

Um comentário:

eliana... disse...

Adorei o jeito que expressa sentimentos em forma de letras.Conselhos em forma poética.

Parabens Divino Poeta.