sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

"CONFORTO"

No conforto
Dos meus braços
Eu te envolvo,
Em meus abraços
De vagarinho
Toco em seu corpo
E com carinho
Eu te caço, te traço.
E perfaço com minha boca
Um lindo caminho.

No conforto
Dos seus lábios
Eu bebo
Dos seus beijos,
Os mais ardentes
Desejos,
Que este amor
Pode me ofertar.

No conforto
Dos seus ombros
Tão lindos e sensuais
Sobre a luz do teu olhar,
E do brilho do teu sorriso
Me instiga algo mais
Que me faz encantar,
Quero neste instante
O meu corpo no seu
Me enroscar.

No conforto
Das suas mãos
Tão lindas com este anel
Que embeleza os seus dedos,
Há tanto mistérios a desvendar
No céu dos seus segredos.

O Poeta das Estrelas!

2 comentários:

Zilda disse...

Meu amigo Poeta das Estrelas,

Parabéns pelo Blog, nunca se esqueça que o dia de amanhã ninguém usou.
Pode ser seu !
Sofre pôr antecipação
quem vive pensando bobagens
que não se realizam.
Portanto, olhe para o seu futuro com a ternura de uma criança
Espere dele sempre as melhores coisas. As melhores oportunidades.
Os melhores caminhos devem ser seguidos com fé e persistência...
Pois os obstáculos que parecerão...
Deverão ser enfrentados e vencidos
Confie em si mesmo...Mas não se esqueça jamais,de confiar em Deus
E busque a realização dos seus sonhos, sempre Sorrindo !!!

Bjsssssss de sua amiga virtual!!!

Zilda disse...

Meu amigo Poeta das Estrelas,

Parabéns pelo Blog, nunca se esqueça que o dia de amanhã ninguém usou.
Pode ser seu !
Sofre pôr antecipação
quem vive pensando bobagens
que não se realizam.
Portanto, olhe para o seu futuro com a ternura de uma criança
Espere dele sempre as melhores coisas. As melhores oportunidades.
Os melhores caminhos devem ser seguidos com fé e persistência...
Pois os obstáculos que parecerão...
Deverão ser enfrentados e vencidos
Confie em si mesmo...Mas não se esqueça jamais,de confiar em Deus
E busque a realização dos seus sonhos, sempre Sorrindo !!!

Bjsssssss de sua amiga virtual!!!