sábado, 19 de abril de 2008

"Mãe Coruja"

Mãe coruja,
Ela nasce de um feto,
E cresce por meios
De carinhos e afetos.
.
Mãe coruja;
Ela usa e abusa
Do seu dom predileto,
Que Deus te concedeu.
De dar luz à vida.
.
Ah! Essa mãe coruja
É muito divertida,
Amada e tão querida,
Feliz,
inteligente e resolvida.
.
Quando criança
Habita no coração de sua mãe,
Como eterna esperança.
E com seu sorriso idealiza
A realidade de um sonho,
Que se materializa.
.
Quando adolescente
Trás no coração um amor ardente,
E nos pensamentos
Sonha sempre o mesmo sonho.
De ser mamãe também...
.
Acalentando os seus sonhos secretos
Trás na sua mente
A imagem de um lindo neném.
.
E quando os seus sonhos
Se materializam,
Acalenta o seu feto
Com ternura e afetos,
Na esperança dever nascer.
.
A sua linda criança,
A sua flor de primavera
O fruto do seu amor,
Que você tanto espera.
.
O Poeta das Estrelas!

2 comentários:

ivanete disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
bea disse...
Este comentário foi removido pelo autor.